19.2.10

Aguarda-se a todo o momento uma investigação do Sol em Angola

Em Angola ainda há movimentos de libertação e quem pensar que não é de filantropia que se trata é racista, como todos sabemos.
Aguarda-se a todo o momento que O Sol faça uma investigação jornalística sobre as relações entre política e economia em Angola, sobre liberdade de expressão no país, ou mesmo sobre como se fazem grandes fortunas no local, como penhor do seu apego à liberdade de expressão. Bem sei que é difícil, que o jornalismo de investigação do dito jornal é passivo, pois depende da diligência das fontes e na democracia angolana há uma enorme tradição de as secar  por métodos conhecidos, testados, eficazes e muitas vezes irreversíveis.
Em abono da verdade se diga que O Sol não é o único meio de comunicação social com razões objectivas para não se investir a fundo no conhecimento da situação da liberdade de expressão em Angola. Mas é sempre bom saber de onde vem o ar puro que nos livra da nossa claustrofobia democrática.
Quando os angolanos estiverem cansados, podem tentar o Zimbabwe. Robert Mugabe não se negaria a dar uma ajudinha.

1 comentário:

JVC disse...

Tenho muita consideração pela sua postura séria de socialista convicto e não cortesão. Por isto, frontalmente, critico este "post". Não é com o ruido de atirar pedras ao telhado do vizinho (que merece) que disfarçamos a fragilidade do nosso telhado.