22.8.09

Política-canalha? Que a lama fique nas mãos de quem a atira (actualizado)

O Expresso traz hoje na capa uma menção a um texto publicado pelo Avante e assinado pelo seu chefe de redacção que ficará na história da política canalha em Portugal. Sobre o texto e a canalhice nele perpetrada pelo seu autor, já disse o que tinha a dizer. Há, certamente, muitos comunistas que, tal como Tiago Mota Saraiva não se revêem nestes métodos. Não sei nem é assunto que me preocupe saber se a direcção do seu partido os acompanha a eles ou se a capa do Expresso é rigorosa ao colar o próprio PCP à política-canalha do autor do texto. Mas o PCP pode, querendo, esclarecer se a baixeza do seu funcionário corresponde à posição do partido ou não. Os Leandros Martins deste mundo preferiam eliminar os adversários a confrontar argumentos com eles. Felizmente, em democracia não têm o poder de os eliminar fisicamente. Mas podem estar certos que não tenho medo das suas pulhices e estou seguro que as suas baixezas não encontram eco nos democratas em geral. Neste caso, já não é de política que se trata, é de separar àguas entre mentes ditatoriais e espíritos livres. As primeiras derrotam-se. Com os segundos troca-se argumentos. A todos os que fazem parte deste último grupo e me fizeram chegar a sua solidariedade a propósito deste inusitado ataque da política-canalha, quero agradecer aqui publicamente. Acresce que os posts escritos na blogosfera por esses espíritos livres, de diferentes sensibilidades partidárias, a quem agradeço a solidariedade já não deixam nada de importante por dizer. Leiam o Porfírio Silva, a Joana Lopes, o Pedro Correia , o Pedro Vieira, o Carlos Alberto, o Tomás Vasques, a Ana Matos Pires, o T. Mike , o João Tunes, a Palmira F. Silva, a Maria Henriques, a Ermelinda Toscano, o Sandro Pires, o Terrorista, a Ana Paula Fitas, a Sofia Loureiro dos Santos, o António Horta Pinto, o Eduardo Graça, o Rui Paulo Almas , a Ana Gomes, o Cipriano Justo e ... adiante. Que a lama fique nas mãos de quem a atira. Adenda. Também no Twitter muita gente deu, de modo apropriado, conta do lamentável artigo do Avante. Agradeço, pois, aos twitters Hugo Costa, Tiago Barbosa Ribeiro, Luis Testa, João Pita, André Maciel Sousa, Elizabeth Butterfly, João Manuel Realinho , Luis Trindade, Luis Santos , Miguel Monteiro, Luis Azevedo Rodrigues, Francisco Madelino e Alexandre Rosa.

8 comentários:

Joaõ Sequeira disse...

1. Alguns "comentadores", curiosamente anónimos, de alguns blogues colocaram em dúvida a possibilidade de o artigo de Leandro Martins ser coincidente com a posição do PCP sobre este tema (eu disse do PCP, não necessariamente dos comunistas). É querer tapar o sol com a peneira, já que é óbvio que todo e qualquer artigo publicado no Avante! reflecte, por princípio, a posição do partido. E mais ainda quando a responsabilidade do chefe de redacção. O Avante! não é propriamente um espaço onde se pratique o chamado contraditório. Nem tem de ser, dado que é o órgão central de um partido. Agora, por favor, não queiramos desculpabilizar o que não tem desculpa. De resto, só acredito que a prosa inqualificável de FLM não corresponde à posição do PCP se o seu autor for imediatamente demitido das funções que exerce. Vai uma aposta em como não é?

2. Para que não restem dúvidas, acrescento que não conheço Paulo Pedroso de parte nenhuma, não é personagem que me inspire particular simpatia e não faço ideia se as "suspeitas do caso Casa Pia" que sobre ele foram em tempos levantadas tinham ou não alguma razão de ser. Mas sei que, perante a justiça que a todos nos rege, ele foi ilibado de todas elas - e não por meras questões processuais, mas simplesmente porque o tribunal considerou não haver quaisquer provas que sustentassem essas suspeitas. O que, para mim e para qualquer pessoa de bem, tem de ser razão suficiente, sob pena de mandarmos o estado de direito às urtigas. Acresento ainda que não votei nem tenciono votar no PS. E menos ainda no PSD. E, até agora, ainda colocava a hipótese de dar o meu voto ao PC/CDU. Depois disto, naturalmente, essa possibilidade está fora de questão.

GMaciel disse...

O desespero de quem sente a mudança é por demais evidente nesta política-canalha, como lhe chama e muito bem. Eu preferiria chamar-lhe outro nome, mas receio ofender as profissionais do ramo, que não têm culpa alguma.

abraço

Anónimo disse...

Infelizmente o Vitor Dias no Tempo das Cerejas, para não tomar posição inventa toda uma serie de desculpas.

Quando pessoas como o Vitor Dias se recusam a tomar posição então é porque o PCP vai mesmo muito mal.

Vejam o que ele responde, na parte em que escreve sobre o programa do Ruben de Carvalho, é elucidativo....

Minda disse...

Também este assunto mereceu que sobre ele escrevesse no meu blogue pessoal.

Fiquei deveras indignada com este destaque que o Expresso fez, na sua 1.ª página, a uma reles e hipócrita posição do PCP (pois, como diz o João Sequeira, nada do que se publica no Avante é contra o pensamento do partido)... por isso, também este semanário terá alguma responsabilidade na difusão da notícia.

Quanto ao que eu acho deste tipo de política, leiam o artigo no link que a seguir vos deixo:
http://metoscano.blogspot.com/2009/08/politica-do-desespero-ou-o-pcp-no-seu.html

E não sendo do PS estou à vontade para lhe dar a minha solidariedade. Porque a política não se faz com atitudes como a de Leandro Martins...

Aníbal teixeira disse...

Estava Tentado a não comentar o que não merece ser comentado.

Todavia achei por bem comentar para me solidarizar com o Dr Paulo Pedroso e a todos quantos andam na vida politica, Pública ou privada de cabeça erguida, não podem nem devem ficar indiferentes a este tipo de comportamentos piores que no tempo da nossa senhora.
Estão consagrados na constituição valores pelos quais nos regemos que nos garantem liberdade de opinião e de expressão livre mas responsável. Existem códigos de ética e deontológicos das ordens
que permite punir comportamentos dos seus membros que não respeitem as regras aí consagradas.
Ao publicar o que foi publicado num meio de comunicação social propriedade dum partido politico tem seguramente a aprovação deste, logo o PCP e os seus responsáveis máximos concordam com a publicação.
é mau para a democracia e para os próprios eleitores é que os votantes habituais da cdu mais esclarecidos e coerentes começam a ter vergonha dos comportamentos e campanhas difamatórias dos orgãos do seu partido e viram-se para o PS e outras forças politicas que entendem identificar-se, o PCP não ganha nada com isso pelo contrário dá mais força ao PS e em Particular ao DR PAULO PEDROSO que estando a fazer um trabalho notável em Almada para devolver aos ALmadenses a possibilidade de terem um futuro melhor sem serem perseguidos está a mexer com 35 anos de poder que se move em areias movediças sentindo que o poder lhe está a fugir. Logo não me espanta que este e outros argumentos utilizarão para tentar que o DR Paulo Pedroso não ganhe em Almada.Mas A vitória vai ser uma realidade depois de 11 de Setembro e os Cidadãos de Almada vão ver a Diferença.
Depois do artigo publicado no Jornal avante muitas pessoas amigas próximas do PCP me manifestaram que estão envergonhadas com o texto e claro abertamente não pediram desculpa mas ficou a intenção.

O PS e aos militantes e simpatizantes e admiradores do Cidadão Paulo Pedroso todos terão a sua oportunidade para estarem solidários com ele , mas a 11 de Setembro com o seu voto irão contribuir para dar razão e fazer justiça a quem a merece.
Não faltam más linguas e invejosos que só espreitam uma oportunidade para tentarem destruir a imagem de outros cidadãos é o que não falta por aí.A imagem do DR Paulo Pedroso sai reforçada, porque está de alma e coração apostando num projecto para o Concelho , e não são estes disparates que o vão desviar de atingir os seus objectivos, nem o rumo que traçou Para Almada.

Anibal Teixeira

Ana Paula Fitas disse...

Caro Paulo,

Vou fazer link na rubrica "Leituras Cruzadas" dos 2 post's sobre este assunto.
Votos de continuação de Excelente Campanha!

Cecília disse...

Um abraço.

Anónimo disse...

Este leandro martins é o rosto do pcp de Almada e resto do país, o desespero destes comunas que fazem da politica deles o bota-abaixo,a reles calunia e difamação só demonstra que estas pessoas nada têm a dar aos portugueses.
Nada está bem, só o que eles fazem é que é correcto.
Aqui vai o meu abraço de solidariedade para o Dr.Paulo Pedroso e um voto de confiança no seu futuro trabalho como presidente desta cãmara.
Horta- trabalhador desta autarquia