7.11.09

Os desafios dos que defendem a abertura da CGTP ao mundo actual

No último congresso da CGTP, o PCP impôs à central uma política isolacionista no quadro do movimento sindical internacional. Assim, esta ficou de fora da recém-criada e abrangente Confederação Sindical Internacional, que reúne as várias facções do sindicalismo livre a nível mundial. A submissão da CGTP à agenda de resistência do movimento comunista internacional, em vez da sua participação na reovação do sindicalismo livre é um dos pontos em que melhor se expressa a encruzilhada em que a central se encontra. Para continuar sindical precisa de se emancipar do PCP ou precisaria de um PCP que não a quisesse amarrar tão fortemente à sua agenda ideológica. Para continuar unida precisa de encontrar uma plataforma de convivência com o pensamento sindical da direcção do PCP, que tende a reduzi-la a correia de transmissão. Não é fácil imaginar como este nó se desata. No quadro desta reflexão, num gesto que me parece extremamente relevante e com raros precedentes, uma dezena de sindicatos que votaram contra a orientação maioritária e defenderam a adesão à CSI, organizam hoje, no Hotel Zurique, em Lisboa, uma conferência sindical internacional sobre "os desafios da acção e organização sindical e a CSI no combate à crise". Eles sabem, certamente, a dimensão do desafio que lançam.

3 comentários:

Anónimo disse...

É engraçado estes srs do PS falarem e tecerem criticas à CGTP e dizer que é a correia de transmissão do PCP.
Mas então e a UGT que foi criada com o principal, se calhar único propósito de dividir o movimento sindical-( a tal unicidade sindical tão do desagrado do PS e dos seus dirigentes de então e de agora, pelo que vejo mas que já não se aplica ao patronato !?)- não é e de maneira a correia de transmissão do PS.!!!!!????
Quem tem telhados de vidro melhor seria que não mandasse pedras para o ar porque lhe podem cair em cima.

GMaciel disse...

Mais um muro que se adivinha difícil de cair.


abraço

Sindicalistas Socialistas da CGTP-IN disse...

Pela nota aqui colocada sobre "Os desafios dos que defendem a abertura da CGTP-IN ao mundo actual", deixar um agradecimento e um apelo para continuar a seguir o trabalho das diversas sensibilidades da CGTP-IN, de forma especial da Corrente Sindical Socialista da CGTP-IN...

Obrigado