1.9.09

Mais um pequeno passo numa longa luta pelo direito à honra, à dignidade e ao bom nome

Na página 5 do Correio da Manhã de ontem, o pedopsiquiatra Pedro Strecht deixou claro que não me incluia nas pessoas a que se referiu numa entrevista sobre o processo Casa Pia, que entende que se o tivesse feito me ofenderia gravemente na honmra e consideração e que lamenta os prejuízos que tal interpretação das suas palavras me causaram. É mais um pequeno passo na minha luta pelo direito à honra, à dignidade e ao bom nome que nada nem ninguém travará. Como não há link para a declaração de Pedro Strecht, transcrevo-o aqui para que possa chegar a quem o queira ler aqui. Escreve ele: "Na entrevista publicada no Correio da Manha no dia 26 de Julho de 2003, concedida quando integrava o gabinete de apoio às vítimas da pedofilia da Casa Pia, em nenhum momento o que disse se referia ao Dr. Paulo José Fernandes Pedroso, e muito menos pretendia fazê-lo, directa ou indirectamente, entendendo que, se o tivesse feito, o ofenderia gravemente na sua honra e consideração. Lamento profundamente os incómodos e prejuízos para o Dr. Paulo José Fernandes Pedroso que possam resultar ou ter resultado da interpretação de que as suas palavras naquela entrevista pudessem em algum momento dirigir-se-lhe, interpretação essa que não visava e repudia." Sei bem que há pessoas, como um tal Leandro Martins, autor de uma canalhice política recentemente publicada no Avante, a quem a verdade não interessa e às quais este texto nada dirá. É a todos os outros, mesmo aqueles que tendo-se deixado intoxicar em certo momento o tenham sido de boa fé, que estes esclarecimentos e lamentos de Pedro Strecht, mesmo que publicados só agora, dirão seguramente algo.

9 comentários:

Anónimo disse...

O pedopsiquiatra Pedro Strecht mostrou o seu sentido de responsabilidade e de sensibilidade para com esta questão do processo Casa Pia ao reconhecer que não queria atingir a dignidade de Paulo Pedroso. Já de Leandro Martins (que mais parece um nome clandestino) não podemos reconhecer o mesmo que por estar ao serviço de um partido onde as práticas democráticas só são usadas quando convêm, acha-se no direito de difamar as pessoas para tirar proveito político.

Ana Paula Fitas disse...

Fico muito feliz com esta notícia e penso que foram justamente devidas as declarações de Pedro Strecht para que se esclareçam equívocos susceptíveis de serem utilizados pela má-fé e total incorrecção de pessoas como Leandro Martins.

Tiago Moreira disse...

Camarada/amigo , aqui fica um video da minha autoria para a campanha do PS a Almada.

http://www.youtube.com/watch?v=hxEFhANlcqA


Abraço


Vamos construir o futuro, 35 anos depois !

Porfirio Silva disse...

Passo a passo se faz o caminho. Força.

J.J.J disse...

Com pequenos passos se constrói uma grande Vitória
Um abraço e muitas felicidades

J.J.J disse...

Com pequenos passos se constrói uma grande Vitória
Um abraço e muitas felicidades

jose albergaria disse...

Fico muito contente.
Esta é, sem sombra de dúvidas, uma muito boa e bondosa noticia.
Abraço,
José Albergaria

Al-Ma'dan disse...

É bom que assim seja, pelo seu bom nome e também pelo bem da sua candidatura a Almada de que sou um fervoroso defensor.
Espero, com todas as minhas forças, que seja desta que podemos tirar Almada da lenta decadência e agonia de que vem sofrendo de há 3 décadas a esta parte.
Cumprimentos e todas as Felicidades do Mundo para si, Dr. Paulo Pedroso.

Aníbal teixeira disse...

A verdade é como o azeite em água vem sempre ao de cima, mas pelo caminho deixa marcas no bom nome, na imagem e na honra de cidadãos , com ética e caráter, deixando feridas que só o tempo , a força a determinação de quem é injustamente ofendido,mas quem não deve não teme acabam por o tempo ser a melhor terapia para cicatrizar tantas maldades e insinuações.
Ao DR Paulo Pedroso a minha ilimitada solidariedade pessoal e Politica para o ajudar a vencer esse e outro desafio em Almada.
Estou seguro que vencerá os dois.

Anibal Teixeira